sexta-feira, 26 de março de 2010

A ARTE DE AMAR






















Vem... lambuze-me, sorva cada gota do meu vinho
Percorra cada milímetro dos meus insanos caminhos
Sinto-me solta, siga as trilhas dos meus contornos
Pode parecer suborno, mas, ama-me com carinho

Satisfaça minhas fantasias, esses são os meus desejos
Suga-me... lambe-me, com esse apetite voraz
E sem receios ou medos, quero sentir teus beijos
O seu toque me alucina, dá-me prazer e, me satisfaz

Sim... faremos de tudo um pouco, vou te deixar louco
Possua-me sem reservas, faça de tudo um pouco
Ouviremos nossos gemidos, sussurros e gritos roucos

Desejo ser dominada, tal qual uma potra no cio
Quero sentir os prazeres, em perfeito desvario
Inundar-nos de prazer, como se fossemos um rio



(Angel Mag)


Imagem do google






Um comentário:

  1. Você sabe dizer coisas do coração,bonito,e bom de partilhar.bj

    ResponderExcluir